Arquivo para novembro \21\UTC 2012

HALO – EXECUTANDO UMA CUSTOMIZAÇÃO EM ACTION FIGURE

AMIGOS!

Ao adquirir o item para minha coleção :

Halo Fearless Leaders 3-Pack – Mcfarlane

LÍDERES SEM MEDO
HALO: Anniversary Series 1 – BOXED 3-EMBALAGENS
Paint: pintura original
Escala: 6 polegadas(15,4 cm)
Formato: figura de ação
Embalagem: caixa

Os “líderes sem medo” 3-pack celebra um trio de outros heróis ousadas dos jogos “blockbuster”Halo . Representando:

Halo 3: ODST é o líder do seu esquadrão Helljumper, Sargento Edward Buck, com seu rifle de assalto assinatura e capacete ODST removível.

Halo Wars, introduziu vários novos líderes para o universo Halo, incluindo a Marinha do CSNU, o sargento John Forge, com sua armadura camuflagem floresta e Shotgun.

Halo: Reach, introduziu jogadores para o Spartan-IIIs de Noble Team, e seu líder, Carter, com seu rifle de atirador de elite  e uma granada de fragmentação”

Reparei em que uma  das action figures não possuía capacete o que não achei visualmente correto pois é um uniforme de combate com todos os seu acessórios. O rosto é bem acabado mas devia vir mais um capacete, pois compunha muito bem a imagem da Action figure no caso o Srgt John Forge (por isso tomei a decisão  de confeccionar um capacete  para compor o personagem).

Preparação ;

Para executar este processo precisamos:

RESINA ACRÍLICA ODONTOLÓGICA ( Resina + catalizador) poder ser adquirido em qualquer loja de material odontológico,

 

BORRACHA DE SILICONE  ( Bi componente) : Sendo com a borracha + o catalizador onde faremos o molde básico.

Prepara um vasilhame, faz a mistura de 10 partes de  borracha com 1 parte de catalizador e executa a mistura e assim faz o molde com o capacete que veio da outra figura .

Assim teremos :

 

Dai preparamos a resina acrílica para a mistura ;

 

Dai executamos a mistura :

Após este processo de mistura temos dentro do molde a peça a ser trabalhada.

A secagem é rápida devido ao catalizador :

Assim teremos o resultado:

pintando com primer;

Após esta faze separamos as cores comnforme o padrão do uniforme do S Srgt John Forge nas cores verde oliva , terra escuro, azul

Teremos o seguinte resultado :

Comparando com o original :

Comparando  com   a action figure :

Usando dando o resultado final :

 

Com o time completo :

 

 

Foi um bom resultado !!

 

Giovane “giggio” Araujo.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

ATAT (All Terrain Armored Transport) ESCALA 1/50 !!!!!!

All Terrain Armored Transport (AT-AT)

Origem: Wikipédia,
AT-AT
Afiliação: República galácticaImpério GalácticoImpério Remanescente
Fabricante: Kuat Drive Yards
Classe: Blindado, Infantaria Mecanizada, Artilharia Móvel e Andador (Walker)
Modelo: All Terrain Armored Transport
Comprimento: 15.5 m – 20 m
Altura: 22.5 m
Tripulação: 1 piloto, 1 artilheiro e 1 comandante
Passageiros: 40 troopers
Velocidade Máxima: 60 Km/h
Capacidade: 5 speeder bikes ou 2 (parcialmente desmontados) AT-ST Walkers
Armamento: 2 canhões blaster médios e 2 canhões laser pesados
Portal Ficção Científica

O “All Terrain Armored Transport”, ou AT-AT walker, é um transporte de Star Wars, que possui 4 pernas, sendo um veículo de combate usado pelas forças terrestres Imperiais. Com uma altura de mais de 20 metros, esses walkers intimadam a todos, e são usados tanto para efeito psicológico como tático.

Um AT-AT possui uma armadura galvanizada impenetrável à tiros de blaster, e assemelha-se a um fera gigante pela forma que se move em um campo de batalha. A “cabeça” de um AT-AT carrega o armamento principal: um par de canhões blaster médios localizados nas “têmporas” do walker, e dois canhões laser gêmeos pesados no “queixo”.

Os pilotos do grupo de comando do AT-AT, que se localizam na “cabeça” a qual é conectada ao corpo principal através de um “pescoço” flexível, consiste em um comandante, um artilheiro e um piloto. Tripulantes adicionais e tropas podem ser carregadas na compartimento de aramzenagem principal do walker.

No Universo Expandido

Forjado na Kuat Drive Yats, o mesmo fabricante do prodígio do Império, o Imperial Star Destroier, o walker AT-AT é a perfeita personificação da filosofia Imperial. Ele favorece o medo sobre a função, pois o imenso veículo é mais uma arma de terror que uma arma de combate completamente eficiente. Apesar de seus complexos mecanismos das pernas requererem constante manutenção e reparo, o robusto walker é adaptado a todo tipo de terreno, sendo capaz de sobrepujar qualquer obstáculo.

Dentro da casca blindada do AT-AT existe espaço suficiente para carregar 5 speeder bikes Imperiais e cerca de 40 soldados. Ao invés disso, o espaço interior pode ser reconfigurado para carregar dois walkers (andadores) AT-ST, apesar de requerer uma desmontagem parcial para caberem dentro.

Apesar da Kuat Drive Yats ser a principal fabricante dos walkers Imperiais, outras em Carida, Belderone e Anteevy também foram contribuidores chave para o exército Imperial.

AT-ATs são freqüentemente modificados para missão em meio-ambientes específicos. Os então chamados snow walkers usados em Hoth são uma prova disso. Dune walkers, ao contrário, são walkers de terrenos desérticos providos com unidades de dissipação de calor Sienar z23. Ainda existe um primo aquático do walker conhecido como AT-AT swimmer – “Aquatic Terrain Armored Transport” – que ostenta unidades propulsoras ao invés de pernas.

MODELO:

Fabricado pela Revell Alemã é do tipo Snap mas que requer um pouco de interferência para melhor detalhar.

O piso foi confeccionado no cerâmica fria e a figuras são da escala 1/50.

Este slideshow necessita de JavaScript.

MINIATURAS GIGGIO E O MESTRE JORGE MIGUEL

AMIGOS !

Após vários encontros desmarcados finalmente visitamos o atelie do Mestre jorge Miguel .

Um bate papo agradável, muito aproveitado uma troca de informação e aprendizado!

Neste encontro o Mestre apresentou seus novos projetos e trabalhos inclusive  a preparação do personagem do  Game GEARS OF WAR  –  Marcus Fenix NA ESCALA DE 75 mm perfeita para dioramas !!!!

Além de vários projetos únicos e belos!!!

Obrigado ao amigo Alisson por proporcionar neste momento !

Giovane Araujo.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

I OPEN DE PLASTIMODELISMO DE NATAL PARTE II

 

Amigos,

Mais um grande evento, onde foi destacado o encontro de vários Modelistas do nosso nordeste!

Foi muito bom ver os mestres reunidos:

  • Tio Marcão
  • Jorge Miguel
  • Alvarenga
  • Bob Lúcio

Entre outros que deram muito de suas vidas e agora se encontram para mostrar o exemplo dedicação e valor único no nosso amado hobby.

É reconhecido o esforço da equipe que planejou, montou e executou o evento, mas em uma forma construtiva temos pontos a destacar:

Local do evento:

Sua posição geográfica e a cidade não há como discordar que foi muito boa escolha, mas o salão eventos foi muito pequeno o que levou a dificultar até a exposição dos kits apresentados. Esta forma também afeta o julgamento.

INSCRIÇÃO:

De uma forma geral listar cada kit, foi demorado e desnecessário. Uma forma bem simples e que foi bem adotada no evento do GPFOR (III OPEN DE PLASTIMODELISMO) onde em blocos carbonados passam para duas vias.

PALESTRAS:

Só um comentário: excelentes.

CRITÉRIO DE CATEGORIAS E JULGAMENTO:

                Nas categorias onde um grupo que não conhece ou domina, simplesmente não foca ou mesmo, solicita apoio ou ajuda. Caem nesta falha.

Neste caso posso descrever com mais detalhes sobre a CATEGORIA DE FICÇÃO.

Um ponto apontar, se não há o posicionamento deste que escreve em um FORUM oficial de PLASTIMODELISMO, NÃO TERIA O MELHOR DA CATEGORIA (que inclusive não está descrito do regulamento oficial)  http://www.fundacaorampa.com.br/open.htm.

Outro está destacado que teríamos  “split” nas categorias ( item 6.2. Categoria split – no regulamento oficial ) o que não ocorreu com esta categoria citada. ‘

Foram julgados de forma sem  critério ou mesmo com certa limitação de conhecimento, pois misturam os itens que não poderiam (sem “split”) serem julgados entre si.  Para melhor  exemplificar: é colocar numa mesma linha de julgamento (ou numa mesma e única categoria), auto, moto, aviação civil, militar e naval!

Não estamos aqui questionando a premiação em si, mas infelizmente a falta de um critério técnico e maduro.

Estavam presentes membros de outros grupos que possuem  mais experiência em eventos como GPFOR e  APPE  que com toda certeza apoiariam e orientariam com todo o critério e conhecimento sem a necessidade de participar do julgamento.

Cada evento é reconhecido o aprendizado. Temos  membros de nossos grupos que comentam as vantagens de um evento sem premiações, mas o principal critério de credibilidade é a forma que ocorrem os julgamentos e premiações.  Se este não possui organização, critério, conhecimento e maturidade não são reconhecidos e respeitados.

Esperamos muito  que O  JG 400  evolua em seu processo de eventos e participações.

Muito obrigado,até o ano que vem!

GIOVANE “GIGGIO” ARAUJO.

MAIS FOTOS !!!!

Este slideshow necessita de JavaScript.

I Open de Plastimodelismo de Natal

Mais um grande evento onde participo com muita felicidade e alegria , revendo amigos !Muito bom , segue fotos do local e maquetes !

FOTOS DO LOCAL !

NATAL MAR HOTEL :

Este slideshow necessita de JavaScript.